MENU COM SUBMENU

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Copa do Nordeste começa nesta terça-feira e pela primeira vez, os nove estados serão representados


Uma competição recheada de partidas com clubes gigantes. Uma competição repleta de história. Uma competição com um novato de respeito e com novidades na sua forma de disputa. Essa é a Copa do Nordeste, que chega a sua 15ª edição em 2015 e promete crescer cada vez mais no cenário nacional.

O torneio chega com uma grande novidade neste ano: a inclusão de dois clubes do Maranhão e outros dois do Piauí - reivindicação antiga das respectivas federações. Com isso, pela primeira vez, todos os nove estados do Nordeste serão representados na competição.

Com a mudança, o formato de disputa também foi alterado. Apesar da manutenção do sistema grupos/mata-mata, com quatro equipes em cada, um quinto grupo foi criado e a forma de classificação modificada.

Agora, só o campeão de cada grupo garantirá a vaga para as quartas de final. Os três melhores segundos colocados ao fim das seis rodadas também se garantem no mata-mata. Quartas de final, semifinal e decisão serão disputados em dois jogos.

E a abertura oficial da Copa do Nordeste vai fazer a terra tremer. Ceará e Fortaleza se enfrentam no primeiro Clássico-Rei da temporada, e a expectativa é de lotação máxima na Arena Castelão, totalmente reformulada para a Copa do Mundo de 2014. Antes, porém, na terça-feira, Botafogo-PB e River-PI se enfrentam em partida antecipada.

Maior campeão em reformulação: Com cinco títulos nas 15 edições, o Vitória foi rebaixado no Campeonato Brasileiro e inicia o ano em reformulação. O rubro negro vai buscar o sexto título, tentando alinhar a juventude do elenco com a experiência de reforços ‘de peso’, como os recém-contratados Jorge Wagner e Neto Baiano, que volta ao clube após três temporadas.

Estreante de respeito: Ao lado de outras sete equipes (Coruripe-PE, Globo-RN, Moto Club-MA, Piauí-PI, River-PI, Serrano-BA e Socorrense-BA), o Sampaio Corrêa fará sua primeira participação na Copa do Nordeste em 2015. Com o técnico campeão da competição em 2012 com o Campinense - Oliveira Canindé - e na Série B do Brasileiro, a equipe promete fazer bonito na competição.

Sport em busca do bi: Campeão em 2014, o Sport vai em busca do bicampeonato em 2015 (seria o quarto na história). Sem Neto Baiano, que foi para o Vitória, a equipe de Recife é a única de toda a Copa do Nordeste que disputa a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Favoritismo para os rubro-negros.

ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário