MENU COM SUBMENU

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Falcao García deu uma quadra flutuante a crianças carentes de um povoado em palafitas


Radamel Falcao García perdeu o seu futebol em algum lugar no tempo. Desde que voltou da séria contusão no joelho, sofrida ainda nos tempos de Monaco, El Tigre não conseguiu recuperar a sua velha forma. Até viveu alguns bons momentos, mas passa longe do matador que já foi. Das próprias origens, porém, o centroavante nunca se esqueceu. Sabe da importância que sua figura tem para a Colômbia e dá sua contribuição para a população do país. A exemplo do grande gesto em uma comunidade carente na costa do Caribe.
Nueva Venecia é um povoado erguido sobre palafitas. O vilarejo conta com casas de madeira levantadas no meio da Ciénaga de Pajaral, um lago costeiro nos arredores da cidade de Barranquilla e também próximo a Santa Marta, onde o atacante nasceu. Cerca de 2,6 mil pessoas moram no local, que só pode ser visitado através de uma viagem de 40 minutos de lancha. E os habitantes convivem com as dificuldades do isolamento, sem serviços públicos de qualidade ou saneamento básico, em uma economia volta toda à pesca. Isso sem contar a forte presença da violência. Nueva Venecia era caminho dos narcotraficantes para o tráfico de cocaína através do Caribe. Em 2000, 39 pescadores foram assassinados por paramilitares, em uma das maiores chacinas da história da Colômbia.
Diante das dificuldades, os jovens de Nueva Venecia ganharam uma diversão graças a Falcao. Com o apoio de órgãos público e até mesmo de um dos setores da ONU, o craque ajudou a construir uma quadra de futebol flutuante no local, inaugurada na última semana. Antes disso, os meninos e meninas do povoado batiam bola com garrafas improvisadas, no terreno que fica em frente à igreja da comunidade.
A inauguração do campinho contou com a presença de alguns veteranos do futebol colombiano, entre eles Radamel García, pai de Falcao. E o técnico de uma das equipes foi o Ministro da Justiça colombiano, Yesid Reyes. Ao todo, 655 milhões de pesos colombianos (cerca de R$ 850 mil) foram investidos em Nueva Venecia desde 2003, quando o governo e a ONU passaram a apoiar de maneira massiva no povoado. Nesta época, quando ainda era uma promessa da base do River Plate, Falcao começou a se envolver no projeto, buscando principalmente a viabilidade para a construção da quadra.
O futebol não resolve todos os problemas de Nueva Venecia, mas serve para aliviar a dura realidade de crianças e adolescentes. Através da quadra e das bolas doadas, eles têm uma perspectiva, em meio à realidade de pobreza e violência que os acompanha. O governo precisa continuar investindo na comunidade, para garantir condições básicas de vida. Falcao ao menos já deu um pouco de alegria.
 - Trivela

Nenhum comentário:

Postar um comentário