MENU COM SUBMENU

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Radialista atingido por estrutura metálica vai acionar a Justiça contra a Arena Pernambuco e a CBF


A última rodada do Brasileirão de 2015 traz boas lembranças para a torcida do Sport. O Leão venceu por 2 a 0 e garantiu a sexta posição do campeonato. Mas quem faz questão de apagar da memória essa partida é o repórter da Rádio Guarany, Washington Ramos. Mas está difícil esquecer. Afinal, ele sofreu um acidente e ainda carrega sequelas. E vai travar uma batalha na Justiça contra a CBF e a Arena Pernambuco.  

Washington trabalhava normalmente na partida, como repórter de pista. Nos minutos finais do primeiro tempo, foi acionado para descrever um lance de ataque do Corinthians. Quando estava falando, ao vivo, recebeu uma forte pancada. Uma forte estrutura metálica, que serve para proteger a entrada e saída dos jogadores do vestiário da Arena Pernambuco, caiu sobre as suas costas. 

O repórter foi internado, já recebeu alta, mas continua em observação médica, já que ainda tem sequelas. Ele não consegue se abaixar e ainda se queixa de fortes dores na coluna. Fez exames e será avaliado. Corre risco de até sofrer uma cirurgia. Durante todo o processo, recebeu apoio da Federação Pernambucana de Futebol e da Associação dos Cronistas Desportiva de Pernambuco (ACDP). Mas não recebeu sequer uma ligação do consórcio. 

- Quando aconteceu o acidente, recebi uma informação de que uma comitiva da Arena iria me procurar. Mas, até agora, nem telefona recebi. Eu gostaria até de saber se fizeram vistorias na Arena Pernambuco, afinal, o Estadual e Nordestão vão começar. Vou acionar a Justiça porque fui muito prejudicado. 

Globo Esporte.com/pe  - Marcelo Cavalcante /Blog Arquibancada

Nenhum comentário:

Postar um comentário