MENU COM SUBMENU

Ao vivo - Neste domingo (04), direto do estádio Gileno de Carli!

Ao vivo - Neste domingo (04), direto do estádio Gileno de Carli!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

ENTREVISTA: Macarena Deichler fala sobre a trajetória de vida, sua chegada ao time do Vitória de Santo Antão, entre outros assuntos, confira!


Créditos: Fotos - Luciano Abreu

O Panorama Esportivo PE, bateu um papo com a treinadora Macarena Deichler Celedon, que comandou o time feminino do Vitória de Santo Antão no Campeonato Pernambucano de Futebol Feminino, conquistando o Heptacampeonato de forma inédita! 

Conheça um pouco mais dessa Chilena, que vem demonstrando seu belo trabalho aqui no Brasil! 

Quem é Macarena Deichler? 

Macarena - Jajajaja (Risos). Macarena é uma mulher sonhadora  sobre todas as coisas, livre, apaixonada por tudo que faz . Uma pessoa simples, que desfruta com amor os detalhes que a vida lhe propõe. Amante do futebol e das coisas que ele lhe proporciona. Boa filha e boa esposa. E sobre tudo independente. 

De onde veio essa paixão pelo futebol? 

Macarena - Logo cedo, desde pequena, meu irmão mais novo foi jogador de base, meus pais sempre me levaram para assistir aos seus jogos ,desde a época do Sub-8, então sempre estive ligada ao futebol. Paixão familiar! 

Como surgiu a oportunidade de se tornar treinadora? 

Macarena - No Chile existe Instituto Nacional del Fútbol, Faculdade especialista em futebol. Meu irmão mais novo estava prestes a  estudar a carreira de treinador de futebol profissional, nesse tempo eu estava um pouco indecisa em que estudar e então em conversas com meu Pai ele me influenciou muito para que eu pudesse entrar e estudar com meu irmão. Ali conheci minha vocação, minha paixão. Só posso agradecer a minha família por ter mostrado o caminho para minha vida. Foram quatro anos intensos de só futebol, éramos só três mulheres e no final consegui me destacar sendo assim a melhor decisão da minha vida. Desde ali, não parei mais como treinadora, trabalhei desde o primeiro ano de estudos, consolidando assim a minha carreira como treinadora. 

Quais equipes você já treinou?

Macarena - No Chile trabalhei no Audax Italiano e Colo-Colo. Aqui no Brasil, Duque Caxiense, no futebol masculino onde disputei a Série C do Campeonato Carioca Sub-15 e Sub-17, e o Team Chicago Brasil também do Rio de Janeiro e agora treino o Vitória. 

Quais as principais diferenças que você encontrou entre atletas chilenas e brasileiras? 

Macarena -  Na verdade eu não gosto muito de fazer comparações, mas posso te falar o seguinte. As jogadoras Brasileiras, tem um biotipo diferente das Chilenas, também  são diferenciadas na técnica, tem bom domínio da bola, os dribles delas são ótimos , referente aos 10 elementos da condução. Em quanto as Chilenas são muito boas taticamente, tem bom posicionamento no campo, fazem as transições com muita velocidade. De fato, estamos falando com quatro jogadoras do Chile, da seleção principal para vir jogar no Vitória. Jogadoras de muita qualidade, essa mistura de cultura seria uma ótima parceria já que as jogadoras tanto brasileiras como chilenas, aprenderão umas com as outras. 

De que forma aconteceu o convite de defender as cores do Vitória de Santo Antão? 

Macarena - No Team Chicago Brasil, tive o prazer de conhecer Alexandre Matias, presidente do time, onde o mesmo já tinha sido técnico do tricolor das tabocas, então o próprio me convidou para trabalhar com ele e vendo a minha capacidade no decorrer do tempo me indicou ao Dr. Paulo Roberto, para então fazer parte do Vitória. Agradeço todos os dias ao Alexandre por ter me dado essa linda oportunidade.

Quais os pontos principais para esse elenco ter conquistado esse campeonato de forma tão expressiva? 

Macarena - Bom, os pontos principais foram o tempo de trabalho e a dedicação tanto da diretoria ,quanto da comissão técnica ,também como  das nossas atletas, já que elas fazem acontecer. Nós trabalhamos, mas elas é quem fazem o espetáculo andar. 

Qual o sentimento em conquistar um título inédito e tão importante para todos da cidade da Vitória de Santo Antão? 

Macarena - Imagina! O sentimento é de muita emoção, e muita gratidão pois Como disse, sou uma sonhadora e gosto de sonhar grande. Ser parte desta história do Vitória é um prazer imensurável, é um orgulho algo inexplicável. É um Heptacampeonato de forma invicta, uma história para o Vitória, pra Pernambuco também como para o Futebol Feminino brasileiro. 

O torcedor do Vitória está feliz e empolgado com a conquista do Heptacampeonato Pernambucano, é possível pensar em título nacional também? 

Macarena - Primeiro quero agradecer a nossa torcida, que sempre nos acompanha. Mando um forte abraço para eles. E claro eu, o professor Maurício e toda a comissão técnica pensa grande. Agora vem a copa de Brasil, e com tempo e trabalho tudo é possível. Temos uma equipe de trabalho muito boa e não duvido que com foco e fé poderemos chegar longe. 

Para encerrar essa entrevista, gostaríamos de conceder o espaço para você realizar suas considerações finais e mandar uma mensagem para os leitores do Panorama Esportivo PE. 

Macarena - Aproveito para agradecer ao Doutor Paulo Roberto, já que sem ele nada seria possível. Estou muito agradecida por ter me trazido ao Vitória. O futebol feminino em Pernambuco é uma realidade graças a ele. Também agradecer a diretoria, a Facol e todos os que fazem o Vitória. Quero agradecer ao professor Maurício salgado, com quem trabalhamos juntos dia a dia, e agradecer a Deus e minha família e meu marido, já que sempre me apoiam em tudo, mesmo estando longe.

Deixo um forte abraço aos leitores do Panorama Esportivo PE, agradeço muito essa matéria, espero que tenham gostado e vamos trabalhar duro para tentar trazer uma outra alegria ao torcedor vitoriense e pernambucano, quem sabe com um campeonato nacional. Um beijo, um grande abraço e novamente agradecida de tudo que estar acontecendo. Todo sacrifício traz recompensa e os sonhos se tornam realidade se trabalhamos, lutamos e acreditamos neles. 

Revisão da matéria - Michelly Santana / Panorama Esportivo PE
Reportagem - Michell Santana / Panorama Esportivo PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário