MENU COM SUBMENU

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

COPA DO BRASIL: Náutico sofre, mas vence o Fluminense/BA e avança na competição

Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

O Náutico conseguiu uma vitória enorme na noite desta quarta-feira. Em Feira de Santana, na Bahia, o Timbu bateu o Fluminense/BA com direito a muito suor e sufoco, por 1x0. Wallace Pernambucano marcou o único gol do jogo, que valeu quase o ano para os alvirrubros. Afinal, com a classificação à terceira fase da Copa do Brasil, a equipe pernambucana embolsará nada menos do que R$ 1,4 milhão. Dinheiro essencial para o combalido cofre vermelho e branco. 

Como apontavam os prognósticos, o confronto não seria nada fácil para os alvirrubros. E as expectativas foram confirmadas. Tanto é que o destaque do Timbu foi o goleiro Bruno, protagonista do jogo. Logo aos 24 minutos de confronto, o arqueiro do time pernambucano fez ótima defesa após voleio desajeitado de Eduardo, dentro da área. O gol perdido custou caro aos mandantes. Dois minutos depois, Fernandinho bateu escanteio e Wallace Pernambucano cabeceou certeiro, abrindo o placar.

No lance seguinte, Bruno foi obrigado a salvar o Náutico mais uma vez. Após cruzamento que desviou no caminho, o goleiro evitou um gol quase certo. E o restante do primeiro tempo se encerrou sem muitas emoções. Na etapa final, contudo, não faltaram lances de gol. Quase todos do time da casa. Ranieri exigiu outra grande defesa de Bruno em cabeçada, logo aos quatro minutos. O Náutico teve chance de "matar" o duelo. Josa cruzou e Medina, livre, cabeceou de forma bisonha, para fora.

Era hora de Bruno voltar a aparecer no confronto. Em cabeçada de Deizinho, o goleiro alvirrubro tirou com os pés. A pressão do Fluminense/BA não parou por aí. Daniel arriscou de longe e parou no arqueiro do Timbu. Na melhor chance da equipe baiana, o Náutico contou com a sorte e com a garra de Breno. Rodolfo Potiguar chutou de fora da área. A bola acertou a trave e passou pelas costas de Bruno. No rebote, Levi bateu forte. Aí o zagueiro alvirrubro entrou em ação e tirou a bola em cima da linha, segurando a vitória.

 
FICHA TÉCNICA:

0 FLUMINENSE-BA
Deola; Edson, Ranieri, Eduardo (Willames José) e Daniel; Rodolfo Potiguar, Deizinho (Luiz Paulo) e Moreilândia; Maranhão (Dinda), Roberto Pítio e Levi. Técnico: Evandro Guimarães. 

1 NÁUTICO
Bruno; Thiago Ennes, Breno Calixto, Camutanga e Kevyn; Josa, Negretti e Medina; Fernandinho (Cal Rodrigues), Rafael Assis (Robinho) e Wallace Pernambucano (Daniel Bueno). Técnico: Roberto Fernandes. 

Local: estádio Joia da Princesa (BA) . 
Árbitro:Renan Roberto de Souza (PB). Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa (PB) e Márcio Freire Lopes (PB). 
Gols: Wallace Pernambucano, aos 26 minutos do 1ºT.
Cartões amarelos: Breno, Camutanga, Medina, Cal Rodrigues (N); Levi, Daniel (F).
Público e renda: não divulgados.


FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário