MENU COM SUBMENU

sábado, 29 de setembro de 2018

Decisão da Copa Mata Norte de Futsal é marcada por fortes emoções e uma virada espetacular do Santa Cruz/Recife para cima do Carpinense


O Ginásio Municipal de Carpina ficou bonito de se ver na noite desta sexta-feira, a torcida compareceu em massa para acompanhar a decisão da Copa Mata Norte de Futsal. Dentro de quadra, o Carpinense chegou a construir um placar de 2x0, para cima do Santa Cruz/Recife, mas acabou sofrendo a virada e viu o título ir para a capital pernambucana, placar final 3x2.

Na etapa inicial Jurica fez boa jogada individual e colocou o Carpinense na frente, 1x0. Com boas oportunidades para os dois lados, os goleiros foram acionados, principalmente o paredão da equipe da casa, Nêgo fez belas defesas, garantindo o placar favorável para a sua equipe.

O segundo tempo começou a todo vapor, o Santa buscava a quadra ofensiva, mas encontrava problemas para sair da forte marcação imposta pelo Carpinense, além das boas intervenções do goleiro Nêgo. Até que em um rápido contra-ataque, o Carpinense ampliou a vantagem com Hallef, que recebeu um passe e escorou nas redes, 2x0. Na sequência o técnico Franklin Silva utilizou o goleiro linha, que acabou surtindo efeito, em uma troca de passes, Kássio bateu para o gol e contou com a infelicidade do goleiro que acabou deixando a bola passar, 2x1. Não demorou muito e o Santa chegou ao empate através de Zanatha, 2x2. O jogo continuou cheio de emoções, parecia que seria decidido nas penalidades máximas, até que na persistência do goleiro linha, a equipe tricolor chegou a virada com Xande, 3x2. Nos instantes finais, Jurica ficou frente a frente com o goleiro Ferreira, mas colocou para fora.

A competição contou mais uma vez com a realização de Júnior de Salete e toda sua equipe. o Panorama Esportivo PE transmitiu esse grande confronto para milhares de internautas que acompanharam tudo pelo nosso Facebook.


Michell Santana - Panorama Esportivo PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário